sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Plaquinhas divertidas: A e B

Escolha um livro da Bíblia e peça que as crianças façam leituras e reflexões sobre ele.
Escreva várias perguntas em uma folha usando o mesmo tema do livro escolhido e tendo como opção duas respostas. "A e B"
Divida a tuma em duplas, trios ou grupos maiores e distribua plaquinhas com as letras A e B para cada um participante do grupo.                                                                               (Somente esses poderão responder no momento desejado)
Faça uma pergunta e diga: ... Nesta hora a criança deverá levantar a sua resposta sem deixar que os outros a vejam. Ganha quem responder o maior número de perguntas corretas. Assim eles aprendem brincando. Paz e Bem!
É fácil preparar as plaquinhas... Se for falar sobre a Criação, faça-as em formato de bichinhos... Fica exposta aqui a ideia... Utilize folhas de papel ofício e palitinhos de churrasco para colar.

Dinâmica: Sacramento do Batismo!

Paz e Bem amigos catequistas!
Olhem que ideia legal para trabalhar o Sacramento do Batismo com as crianças. Nos stands do Congresso, aprendemos essa dinâmica, para ser trabalhada com os adultos. Mas pode ser adaptada para trabalhar com os pequenos.

Material:
  • Bonequinhos de papel ofício branco, com um palitinho colado nas costas.                                            ( No tamanho de 10 cm a 12cm).
  • Uma ou duas gotas de Povidine misturada a meio copo com água
  •  Meio copo com água sanitária misturada a meio copo com água pura.                                                                                                                                                           Esses materias podem ficar arrumados e disponíveis em cima de uma mesinha previamente preparada. Se não tiver disponível o Povidine, você poderá utilizar anelina vermelha (Preferível neste caso, o Povidine)                                                                                                                                                      Converse com eles sobre os Sacramentos... Sobre as graças de Deus que chegam até nós. Fale que o Batismo é muito importante para a nossa vida, pois ele nos "limpa" do pecado. Seja criativo. Utilize métodos como fantoches para contar a história do pecado original. Fale da Criação do Homem e da Mulher... Depois peça para que eles peguem seus bonequinhos e mergulhem na porção misturada com água e Povidine e depois na porção de água com água sanitária. Faça tudo bem devagar. Explique com paciência. E termine dizendo que uma vez marcados pelo Batismo, para sempre marcados pelo Amor de Deus em nossas vidas! 
  Achei muito interessante essa dinâmica e diferente para trabalhar com os eles. O legal é que todos eles podem participar dessa experiência. O ponto central é colocar no coração de cada catequisando a importância do Batizado e de se viver como filhos e filhas de Deus, cada um em sua missão , na Santa Igreja Católica!  Espero que gostem! Paz e Bem!                                                                                                                               

domingo, 24 de outubro de 2010

Congresso para catequistas... Partilhando experiências...

Amigos catequistas, paz e bem. Hoje venho para partilhar com vocês a experiência vivida no Congresso para catequistas que participei. Imagino que possivelmente participaram aproximadamente 300 irmãos e irmãs neste dia tão especial para nós. Tudo foi organizado de uma maneira muito celebrativa e dinâmica. Montaram stands onde os catequistas puderam apresentar seus trabalhos pastorais, realizado com as crianças, jovens e adultos em suas paróquias. E assim passeávamos pelos corredores, aprendendo muitas formas de catequisar.

Então... Vamos partilhar?
O encontro iniciou bem cedo com um belo café da manhã e depois fomos convidados a sentar para assistir uma apresentação de dança litúrgica, com lindas crianças e adolescentes. O ministério de música estava iluminado e assim, nos iluminava e fazia-nos dançar com a presença do Espírito Santo entre nós. Após uma bela palestra com uma irmã abençoada, alegre e animada, tivemos uma jornalista entrevistando a Bíblia, que por sinal, uma ideia muito legal que eu já conhecia, mas ainda não a pratiquei.
Nos stands muita criatividade e diversão para trabalhar com os pequeninos.... 
Prometo ir partilhando aos poucos para que vocês possam usar também esses recursos com os seus catequesandos.

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Plaquinha... Bem Vindos!

Créditos ao blog da Luciene e.v.a.









Você pode colocar o nome de cada catequisando na plaquinha e colar no caderno no 1° dia do encontro deles.
Paz e Bem!

Lojinha de Deus...

Faça dinheirinhos de vários valores para serem distribuídos igualmente pra cada criança. Monte uma lojinha no local do encontro. Pegue caixinhas de fósforo e escreva dentro de cada uma o objeto que ela simula ser: vídeo game, amor, televisão de plasma, carinho, boneca Barbie, dedicação, celular, fé, carro, sabedoria, bonecos, esperança, ventilador, caridade, computador, perdão, bicicleta, salvação, rádio cd para carro, compreensão, etc. Espalhe essas caixinhas pela sala. Pode repetir objetos  e diga que cada criança terá 30 segundos para comprar o que quiser. Depois desse exercício leia a seguinte mensagem:

A Lojinha de Deus
Entrei e vi um anjo no balcão. Maravilhado, eu lhe disse:
"Santo Anjo do Senhor, o que vendes?
Ele me respondeu: "Todos os dons de Deus".
Perguntei: "Custa muito?"
Respondeu-me: "Não, tudo é de graça".
Contemplei a loja e vi jarros com compaixão, vidros com fé,
Pacotes com esperança, caixinhas com salvação,
Potes com sabedoria...
Tomei coragem e pedi:
"Por favor, Santo Anjo, quero muito amor,
Todo o perdão, um vidro de fé, bastante felicidade
E salvação eterna para mim e minha família também.
Então o Anjo do Senhor preparou um pequeno embrulho,
Tão pequeno que cabia na palma da minha mão.
Maravilhado mais uma vez, eu lhe disse:
"É possível tudo estar aqui?"
O Anjo me respondeu sorrindo:
"Meu querido irmão, na Loja de Deus não vendemos frutos.
Apenas sementes".    

 Explique aos seus pequenos que o essencial na vida é sermos servos e estarmos dispostos sempre a ajudar os nossos irmãos. Termos as coisas para nos divertir é muito legal. Mas o essencial é Amar ao próximo como a nós mesmos e ajudarmos uns aos outros. Dê sementes de feijão para eles e peça que cuidem com cuidado, como se fosse uma pessoa. E que traga daqui a alguns encontros para a turma analisar como foi cuidado aquele grão. Se o pé de feijão estiver viçoso, bonito e bem cuidado, explique que assim devemos tratar os nossos irmãos. Mas se estiver triste, caído e sem vida, precisamos repensar em nossas atitudes.

Gincanas Bíblicas! Lembrancinhas! Que ideia legal!

Créditos Divartes Blog

Material:

  • garrafa PET
  • ferro de passar roupas
  • olhos móveis
  • EVA laranja (ou outra cor de preferir)
  • cola quente
  • caneta permanente
  • balas e doces
Créditos Divartes Blog

Modo de fazer:

Créditos Divartes Blog
  1. Corte o fundo da garrafa no tamanho que desejar.
  2. Passe o ferro para enrolar as bordas (observe a figura acima).
  3. Faça um corte em "X" no corpo da tartaruga, para colocar os doces.
  4. Faça um corte em um dos lados do fundo da PET, para inserir a cabeça (observe na figura acima)                                                                                                                                    
  5. Pode colocar um papelzinho enroladinho junto com os doces, contendo uma mensagem Bíblica.                                                                                                                                            Paz e Bem!                                                                                                                                                

As ovelhinas de Jesus!

Molde
 

Créditos para: ensinandonaebig.blogspot

Que ideia fofa para os seus pequenos! As verdadeiras ovelhinhas de Jesus! 

Dicas da Melzinho... Trabalhinhos com material natural ...

Vamos cuidar do Meio Ambiente!
Vamos fazer uma atividade ao ar livre e bem descontraída com os nossos pequenos?
Espero que gostem dessa ideia!

Veja se é possível fazer esse encontro em lugar amplo e com muitas árvores, flores, gramado,etc.
Disponibilize folhas de papel ofício colorido, canetinhas, giz de cera, lápis de cor, casquinhas de lápis apontados, folhas secas, massinha de modelar, cartolinas, terra, grãos, sementes, florzinhas caídas no chão, areia, palito de churrasco, cola glitter, etc...

Com os papéis coloridos faça desenhos com formatos do Sol, Semente, Flor e Folhas e utilíze-os para fazer os crachás para escrever o nome de cada participante.

O encontro inicia-se de mãos dadas e rezando todos juntos por todas as coisas belas que Deus nos oferta na natureza. Divide-os em grupo e peçam que realizem o trabalho mais belo que já fizeram. Distribua cartolina para todos os grupos e explique a tarefa: O grupo deverá fazer uma pintura, ou colagem, ou desenho, tentando encontrar um meio de salvar o planeta. 
; Os trabalhos deverão ser feitos por todos os membros do grupo
; Explicado para os outros grupos
; Ter capricho 
; Ter pelomenos um material natural em sua composição

Os trabalhos poderão ficar expostos na igreja, num lugar bem bonito, como um mural por exemplo.
E viva a nossa Mãe Natureza!
Paz e Bem! 

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Ação de Graças... Mês de Outubro!

Para fecharmos bem esse mês muito especial, repleto de muitos dias santos, destinados a padroeiros de muitas paróquias, estamos nos organizando para fazer um lindo e inesquecível momento de Ação de Graças no último domingo do mês, lembrar com carinho daqueles que se doaram e se dedicaram ao Reino de Deus.
Escolhemos os santos e santas padroeiros de nossas comunidades e decidimos fazer roupinhas bem parecidas as quais eles usavam, para vestir as crianças que entrarão da seguinte maneira:
São Francisco de Assis
Nossa Senhora Aparecida
Santa Edwiges
São Judas Tadeu, nosso padroeiro.
Eles serão vestidos e caracterizados de acordo com a imagem de cada intercessor e ficarão na porta aguardando a sua entrada. Próximo ao altar, estará uma catequista com um grande livro nas mãos, explicando sobre a vida de cada um.
E assim começa: Entra a catequista e fica próxima ao altar... ( Falar alto ou no microfone)












São Francisco de Assis é o santo protetor dos pobres e dos animais...
No dia 4 de outubro celebramos São Francisco de Assis, que nasceu na cidade de Assis, na Itália, em 1181 (ou 1182). Filho de um rico comerciante de tecidos, Francisco tirou todos os proveitos de sua condição social vivendo entre os amigos boêmios.
Tentou, como o pai, seguir a carreira de comerciante, mas a tentativa foi em vão.
Sonhou então, com as honras militares. Aos vinte anos alistou-se no exército que combatia pelo papa, mas em Spoleto teve um sonho revelador: 
Foi convidado a trabalhar para "o Patrão e não para o servo". Tornou-se simples e humilde. Casto, pobre e obediente. 










DIA 12 DE OUTUBRO, DIA DE NOSSA SENHORA APARECIDA, A PADROEIRA DO BRASIL. No ano de 1717, na localidade de Guaratinguetá, três pescadores, Domingos Garcia, João Alves e Felipe Pedroso, lançaram suas redes no Rio Paraíba por horas e horas, sem pescar um único peixe.Repentinamente a rede de João Alves trouxe o corpo da imagem de uma Santa, sem a cabeça. Momentos depois, a cabeça da imagem também veio a bordo.A partir daquele momento os três pescadores quase afundaram suas canoas, tal foi a quantidade de peixes que pescaram.O milagre da pesca foi atribuído aa Santa. Ao limparem a imagem, perceberam que era Nossa Senhora da Imaculada Conceição, de cor escura. A imagem foi coberta por um manto e colocada num altar improvisado na casa de Felipe Pedroso, local onde eram feitas as orações diárias. Logo a Santa passou a ser venerada pela família e também por outras pessoas.Com o passar do tempo, diversos milagres foram sendo atribuídos aa imagem da Santa.












Santa Edwiges nasceu na Bavária, por volta do ano 1174. Aos 12 anos casou-se com o duque da Silésia, Henrique I. Foi mãe de seis filhos. Uma mulher marcada pelo sofrimento diante da morte, pois viu seus filhos morrerem um a um, ficando viva apenas uma filha, Gertrudes. Dedicou-se inteiramente ao serviço dos necessitados: protegia os órfãos e as viúvas, visitava hospitais, amparava a juventude carente, educando-a e instruindo-a na fé cristã, cuidando dos leprosos... Quando seu marido morreu, ela se retirou para o convento, onde sua filha Gertrudes era abadessa. Passou os restos de seus dias na austeridade. Morreu no mosteiro de Trebnitz, no ano 1243.












São Judas Tadeu era natural de Caná da Galiléia, na Palestina. Sua família era constituída do pai, Alfeu (ou Cléofas) e a mãe, Maria Cléofas. Eram parentes de Jesus. O pai, Alfeu, era irmão de São José; a mãe, Maria Cléofas, prima irmã de Maria Santíssima. Portanto, Judas Tadeu era primo irmão de Jesus. O irmão de Judas Tadeu, Tiago, chamado o Menor, também foi discípulo de Jesus.A Bíblia trata pouco de Judas Tadeu. Mas aponta o importante: Judas Tadeu foi escolhido por Jesus, para apóstolo (Mt 10,4). A imagem de São Judas tem o livro, que é a Palavra que ele pregou e a machadinha, com a qual foi morto. Os restos mortais, após terem sido guardados no Oriente Médio e na França, foram definitivamente transferidos para Roma, na Basílica de São Pedro. E seu dia é comemorado em 28 de outubro.

Conforme a catequista vai contando a história, os personagens vão entrando e se posicionando ao lado do altar. Só que detalhe: A Nossa Mãe, Padroeira do Brasil, sai um pouco dessa ordem dos acontecimentos e fica por último, terminando assim com uma outra criança entrando, vestida de anjo e coroando a Mãe ao som de um canto apropriado.
Beijinhos meus lindinhos e mais uma vez... Obrigado pelos recadinhos abençoados! 
Paz e Bem!

Notícias da Melzinho! Pró-Vocações e Missões Franciscanas!

Quer conhecer o Blog Pró-Vocações e Missões Franciscanas e  ajudar no processo de formação de um Frade? E além disso poder desfrutar de muitas informações para o seu encontro semanal com os seus catequisandos?


Lá você encontra textos bem elaborados, uma boa leitura que nos leva a reflexão e assiste vídeos produzidos com muita dedicação, que nos ajuda a refletir o Santo Evangelho, contribuindo assim para o nosso encontro de Catequistas. E ainda você pode colaborar sendo um benfeitor ou uma benfeitora, ajudando na formação religiosa de muitos irmãos frades.
                                                                     
O endereço desse site abençoado é:
                                           

          Paz e Bem!!!

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Viva Nossa Senhora da Conceição Aparecida!!!

Faça o seguinte:

Para o seu próximo encontro com as crianças, prepare o ambiente com flores, vela, Bíblia e uma imagem bem bonita de Nossa Senhora Aparecida.
Conte para os pequenos a história dela. Você pode até encenar. Seria interessante se você levasse um recipiente quadrado com água para representar o Rio Paraíba. Escolha três crianças para representarem os pescadores Domingos Garcia, Felipe Pedroso e João Alves e façam um desenho de Nossa Senhora Aparecida e vários peixinhos, num papelão, E V A ou algum material firme, que possa ser molhado e não se desfaça rapidamente, dividindo a cabeça do corpo. E também uma pequena rede de pescador ou não. No início deixe somente a bacia com a água e peça para os pescadores pescarem. (Eles não conseguirão nada). Logo depois, coloque o corpo da imagem e os peça novamente para pescarem... (Eles jogarão a rede e pescarão corpo). Depois você coloca a cabeça. E consequentemente os peixinhos...
Agradeça a participação dos seus pequenos nessa simples encenação e conte a história logo depois para todos, pedindo bastante atenção:

A sua história tem o seu início em meados de 1717, quando chegou a Guaratinguetá a notícia de que o conde de Assumar, D. Pedro de Almeida e Portugal, governador da então Capitania de São Paulo e Minas de Ouro, iria passar pela povoação a caminho de Vila Rica (atual cidade de Ouro Preto), em Minas Gerais.
Desejosos de obsequiá-lo com o melhor pescado que obtivessem, os pescadores Domingos Garcia, Filipe Pedroso e João Alves lançaram as suas redes no rio Paraíba do Sul. Depois de muitas tentativas infrutíferas, descendo o curso do rio chegaram a Porto Itaguaçu, a 12 de outubro. Já sem esperança, João Alves lançou a sua rede nas águas e apanhou o corpo de uma imagem de Nossa Senhora da Conceição sem a cabeça. Em nova tentativa apanhou a cabeça da imagem. Envolveram o achado em um lenço. Daí em diante, os peixes chegaram em abundância para os três humildes pescadores.

Distribua o desenho para ser pintado por eles e logo depois explique o motivo de ser Feriado Nacional. Pois Ela é Padroeira do Nosso imenso Brasil.
Paz e Bem catequistas!
Clique para ampliar


Termine esse encontro escolhendo uma bela música de Nossa Senhora...
Algumas imagens foram tiradas do blog Canção Nova! 
Paz e Bem