sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

A importância de São Francisco de Assis em minha vida como catequista!


Comecei como catequista muito nova. Acredito que desde os meus 12 ou 13 anos, estou seguindo esta vocação. Fiz a Primeira Eucaristia com 10 anos de idade e depois a minha prima, Eliane, iniciou com os encontros de Catequese em nossa comunidade, São Judas Tadeu. Onde fazíamos parte de uma Paróquia Franciscana, chamada Sagrado Coração de Jesus. Desde o primeiro dia, como auxiliar de catequista, já sentia que Deus tinha grandes planos para mim. Por problemas pessoais, minha prima precisou se afastar e eu não poderia continuar sozinha. Não tinha experiência e ainda achava que catequese era aula e não encontro. Com 15 anos completos fiz minha Crisma. E foi neste dia que Jesus tocou-me profundamente pela primeira vez. Na hora da unção o Bispo olhou em meus olhos, ungiu minha fronte e na mesma hora o meu coração ferveu, literalmente. Senti o fogo do Espírito Santo aceso dentro de mim e pudi olhar para a minha alma, onde Jesus me olhava de forma tão doce, tão pura, que jamais eu pude esquecer aquele dia. Esse foi o meu encontro pessoal com ELE. Naquela noite eu irradiava de alegria, de paz e de muita vontade de fazer algo para contribuir aquele olhar. Tempos depois, Jesus novamente me chamava para evangelizar as crianças. Eu aceitei, mas devido a fatores de minha idade, na época, estudo, trabalho, eu precisei me afastar novamente. Mas como tudo nesta vida tem o tempo certo de Deus, eu esperei alegremente no Senhor. Afastei-me por alguns anos, que não foram muitos, graças a Deus. E retornei a essa Pastoral que faz parte de minha vida, não importa onde eu esteja... 

 

Assumi minha primeira turminha como catequista e não mais como auxiliar. 
(Como eu sentia Deus confiar em mim)
Nos encontros de formações ao longo dos anos, eu fui tendo mais contato com a vida Franciscana. Lendo textos, biografias, fazendo pesquisas, conversando e fazendo amizade com muitos frades, fui aprendendo cada dia mais sobre a vida desse Frei exemplar. São Francisco de Assis  mostrou-se para mim um exemplo a ser seguido... O jeito que aquele homem deixava ser conduzido por Deus, me fazia refletir sobre cada segundo de minha vida. 
Passei então a amar muito mais o que sempre completou a minha vida como catequista; os catequizandos.
Faço-me pobre, fiel, humilde e simples. Nunca poderia imaginar o quanto essas qualidades são importantes para a nós. Hoje eu olho para a natureza e ouço Deus falar comigo. Tenho um amor especial por nossa mãe Terra, nossos irmãos: O sol e a Lua. Pelos animais que alegram os nossos dias. Eu louvo a Deus por toda a sua Criação.
Como diz a música: 
Doce é sentir em meu coração humildemente vai nascendo amor. Doce é saber que não estou sozinha, sou uma parte de uma imensa vida. 
Realmente é doce saber que minha vocação é de Deus e que sempre estarei a disposição para propagar o nome daquele que muito me ama!


Sendo assim eu aprendo a consolar mais do que ser consolada. Compreender mais do que ser compreendida. Amar mais que ser amada. Pois é dando que se recebe. É perdoando que se é perdoado. 
E é morrendo que se vive para a vida eterna.

Hoje eu posso dizer certamente que São Francisco de Assis ajudou e ainda me ajuda muito neste processo de formação como catequista. Muitos frades passaram em minha vida, sempre deixando suas ideias, me ajudando nos encontros com as crianças. Hoje somos uma Paróquia que não fazemos mais parte da vida franciscana assiduamente. Mas o trabalho dos frades continua por esse Brasil a fora. E posso dizer com toda certeza que muitas crianças são catequizadas por eles. Muitas ainda crescem querendo seguir a vida a qual eles apresentaram. 
O hábito marrom é para nós exemplo de perfeita alegria. E as crianças se encantam, deixando-se levar por momentos especiais vivido com eles.


Só tenho a agradecer a Deus pela oportunidade de tê-los conhecido e de ter aprendido lições que ficarão para sempre em minha vida. Como uma esponja eu não guardarei este aprendizado para mim, absorverei e partilharei com os meus pequenos catequizandos. Pois quem sabe um dia, um deles cresça e sinta no coração o chamado de Deus, para ser um abençoado Frade Franciscano. 
Paz e Bem!

Dica: Se você catequista ainda não conhece a história desse Santo humilde, simples e que tem muito a nos ensinar, assista ao filme Irmão Sol e Irmã Lua e deixa-se levar por esta história emocionante.

OBS: Em breve o blog  postará uma entrevista com o Frei Alvaci Mendes da Luz, ofm , atualmente a serviço do Pró-Vocações e Missões Franciscanas, com sede em São Paulo, onde ele partilhará conosco experiências e opiniões sobre o tema CATEQUESE! 
Não perca! 

Frei Alvaci Mendes da Luz, ofm

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Quero caminhar com Jesus rumo a EUCARISTIA!

Fizemos em nosso primeiro dia de encontros, semana passada, um momento marcante entre as crianças da catequese I e II, pais e catequistas, que compareceram com grande alegria, para este momento especial.
Dentro de toda a programação, tivemos um momento muito bonito, vivido pela catequista Eunice que preparou com carinho a Oração inicial, relatando a importância de estarmos sempre com a Bíblia nas mãos, pois ela ilumina o nosso caminho. Logo após, uma linda apresentação vivida com a catequista Cecilia, que explicou de forma muito dinâmica, uma passagem da Bíblia: A Parábola do Semeador, explicada verbalmente e através de imagens. Onde uma catequista ia lendo o texto bíblico, fazendo pausas para a explicação. As imagens abaixo estavam separadas e 4 crianças seguravam para que todos pudessem acompanhar.

A Turma da Perseverança, coordenada pela catequista Fabiana compareceram em peso para dar a sua contribuição. Eles apresentaram um teatro, que vou disponibilizar também no blog, mais tarde, sobre o semeador e também fizeram uma coreografia muito bonita, em apoio com a catequista Monique, que também está fazendo um trabalho muito enriquecedor com eles.
Tivemos também um momento bastante especial onde a catequista Cláudia foi ao centro da roda para mostrar uma imagem dos pés de alguém, desenhado sobre o chão. Pais e crianças foram escolhidos para que em uma palavra pudessem resumir o que significa aqueles pés para eles... Na verdade, todo o nosso encontro falava a respeito desse caminhar... Para encontrar com Jesus.
A conversa com os fantoches vividos pelas catequistas Fabiana, Solange, Cecília e Carla ficaram por minha conta. Eu bati um papo descontraído com eles, respondendo a algumas perguntas que por ventura, pudesse ser as dúvidas dos novos pais, das crianças da catequese I. Foi um momento muito legal e divertido, onde as crianças ficaram com os olhinhos vidrados a cada pergunta dos bonecos.



Formamos duas filas: Catequese I e II. Como cenário, fizemos dois pés gigantes onde dois pezinhos menores foram distribuídos para os pequenos da Catequese II. E esses presentearam as crianças da Catequese I, doando um pezinho, para que fossem colados nos pés gigantes.
Logo após eu refleti com os pais sobre o texto bastante conhecido, Pegadas na Areia e finalizamos, com a Santa Missa, onde as catequistas foram enviadas ao serviço, rumo a ajudar na construção do Reino de Deus.
Agradecemos por mais este momento vivido e pela união de todas as catequistas que se esforçam ao máximo, doando seu tempo para Deus, fazendo com que as crianças possam ter um encontro verdadeiro com Jesus. Foi um dia muito especial!.
Paz e Bem!


O que eu espero encontrar nos encontros da Catquese em 2011?

Pegue uma folha de papel 40 kilos e no centro coloque uma foto de todos os seus catequisandos. Nas laterais cole figurinhas fofas, como uma igreja, a Bíblia, crianças, flores, abelhinhas, etc...
Na parte de cima escreva como tema: O que eu espero encontrar nos encontros de catequese neste ano?

Peças aos seus catequisandos que escrevam com letra legível, o que eles esperam encontrar nos encontros desse ano de 2011. Assim que tiver pronto, você poderá usá-lo no Ofertório ou no Momento de Ação de Graças na missa com as crianças. Ali estarão as ideias dos pequenos em relação aos encontros...
No final do ano, você poderá fazer um encontro em reflexão com eles, para saber se esses objetos foram alcançados... Esse cartaz pode ficar exposta na Igreja num cantinho especial voltado para a Catequese!
Tenho certeza que todos os pequenos e você catequista... Irão se surpreender!
Paz e Bem!

Campanha da Fraternidade 2011! Vamos reciclar e ajudar o meio ambiente?

Tenho certeza que as crianças vai gostar demais dessa atividade....
Mostre aos pequenos a importância de cuidar com carinho do meio ambiente...
Separe aqueles potinhos de danoninho que você joga fora e leve para a sala de encontro. Leve sementes como as de feijão e distribua aos catequisandos. Peça-os que leve para casa e cuide com carinho da sua plantinha.
Explique que eles precisam colocar a terra, a sementinha, regar um pouquinho todos os dias com água e muito amor... E marque para que eles possam levar novamente para a sala de encontro...
Explique sobre a grande importância da reciclagem... Pois aqueles potinhos ficariam rolando no meio ambiente durante décadas, prejudicando os rios. E que o carinho que eles tiveram com a plantinha, devem ter com todas as coisas criadas por Deus, para que assim possamos ainda ter fé e acreditar que unidos, ainda teremos tempo para salvar o nosso Planeta.

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Musiquinhas para a Pré Catequese e Catequese I e II


Essas musiquinhas são muito abençoadas e fáceis para trabalhar com os pequenos. Além de evangelizar... Algumas são conhecidas, outras não. Mas espero que todos possam utilizá-las da melhor forma possível; mesmo não sabendo a melodia de algumas delas. A dica que deixo é inovar... 
Aproveite a letra e coloque a melodia que você achar melhor, se não conhecer. E que o Espírito Santo de Deus sempre nos de sabedoria, discernimento e criatividade em nossos encontros de Catequese... Deus abençoe a cada um de vocês, meus queridos leitores assíduos do blog e visitantes iluminados e cheios do amor de Deus!
   
1= Para ouvir o som do mosquitinho...
E as batidas do seu coraçãozinho...
Pegue a chavinha e feche a sua boquinha...
Já...

( A partir daqui ninguém pode mais falar, se não terá que pagar uma prenda)


2= O telefone do céu/ É a oração...
O telefone do céu/ É de joelhos no chão...
Você disca uma vez, duas ou três...
E se não atender, e se não atender, você disca outra vez (BIS) ... 


3= Jesus/ Meu amigo/ Olha dentro do meu coração/
Com carinho/ Com ternura/ Vem me dar, o seu perdão. (BIS) 


(Essa faz parte do Cd A Festa Maior...  Missa para crianças... Canção Nova...)

4= A Santa Missa vai começar, abra bem o teu coração.
Este é o dia mais feliz, estar aqui é tudo de bom. (Refrão)

Estamos juntos pra celebrar a festa maior.
Batendo palmas, vamos sorrir.
Quem é de Deus vive com mais alegria.
(Refrão)
Todos nós somos irmãos,
fazemos parte da família de Deus,
louvando e adorando chegaremos ao Céu.
Quem é de Deus vive com mais alegria.
(Refrão)


5= Mãezinha do céu/ Eu não sei rezar/
Eu só sei dizer: Eu quero te amar.
Azul é seu manto/ Branco é seu véu/
Mãezinha eu quero te ver lá no céu/
Mãezinha eu quero te ver lá no céu.


6= Não atire o pau no gato- (to)
Porque isso (sso-sso)
Não se faz (faz-faz)
O gatinho (nho-nho)
É nosso amigo (go)
Não devemos maltratar
Os Animais
Miau!!!

7= (Nome da pessoa) Vai entrar na olaria de Deus...
(Nome da pessoa) Vai entrar na olaria de Deus...
E desce como vaso velho e quebrado e sobe como vaso novo...
E desce como vaso velho e quebrado e sobe como vaso novo.
(É importante fazer a coreografia... Descer e subir, como vaso velho e vaso novo)...

8= Deus está aqui... Aleluia!
Tão certo como ar que eu respiro... Aleluia!
Tão certo como a manhã que se levanta/
Tão certo como eu te falo e tu podes me ouvir.
Tão certo como amanhã que se levanta/
Tão certo como eu te falo e tu podes me ouvir.
Deus está aqui...

9= Erguei as mãos e dai glória a Deus.
Erguei as mãos e dai glória a Deus.
Erguei as mãos e cantai como os filhos do Senhor.
(Refrão) (BIS)

Os animaizinhos subiram de dois em dois.
Os animaizinhos subiram de dois em dois.
O elefante e os passarinhos como os filhos do Senhor.
(Refrão)

Os animaizinhos subiram de dois em dois.
Os animaizinhos subiram de dois em dois.
A minhoquinha e os pinguins como os filhos do Senhor.
(Refrão)



Os animaizinhos subiram de dois em dois.
Os animaizinhos subiram de dois em dois.
O Canguru e o sapinho como os filhos do Senhor
Erguei as mãos...
(Refrão)




Paz e Bem!    

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

domingo, 20 de fevereiro de 2011

Oba! Hoje inicia a Catequese em minha Paróquia!

Hoje, com a graça de Deus, inicia os trabalhos com a Pastoral da Catequese em minha paróquia. Não tenho dúvidas que será um ano muito bom, repleto de alegrias. Claro, que nós catequistas sabemos, que nem tudo será flores. Mas não tem problema... As rosas contém muitos espinhos e mesmo assim, são lindas e delicadas. Uma obra de arte do Criador.
Tenho certeza que Deus caminhará conosco. E falando nisso, CAMINHOS será o grande tema de nossa abertura. Faremos hoje um encontrão onde as crianças da catequese II receberão as crianças da Catequese I e os pequeninos da Pré, oferecendo-lhes pezinhos feitos com papel, para que eles possam colar no caminho que preparamos no chão, rumo ao encontro com Jesus. Teremos também apresentação do grupo da Perseverança e música, teatrinho de fantoche, onde a catequista irá conversar com eles, respondendo as dúvidas dos novatos, reflexão do texto Pegadas na Areia, com os pais e as orações inicial e final que ficarão por conta das catequistas, que prepararam tudo com muito amor e carinho, para este dia tão especial.
Eu não vejo a hora de conhecer a minha turminha. Estou morrendo de saudades dos pequenos. Como já relatei aqui no blog, ano passado eu vivi uma experiência incrível com os jovens. Jesus me tocou e pediu-me com carinho, para cuidar deles. Eu aceitei o desafio, claro. Foi muito gratificante. E melhor ainda é ver alguns deles ainda atuantes na Santa Igreja. Poderia ser todos, mas cada um tem a sua hora. E Deus sabe de todas as coisas. Mas não tem jeito: Amo evangelizar as crianças... E este blog, eu dedico a elas e a todas as catequistas que me acompanham com tanto carinho!
Postarei as fotos por aqui assim que der... 
Vamos juntos partilhar e evangelizar...
Que todos tenham um excelente dia abençoado!
Paz e Bem!

sábado, 19 de fevereiro de 2011

Pegadas na Areia!

Uma noite eu tive um sonho...

Sonhei que estava andando na praia com o Senhor,
E através do Céu, passavam cenas de minha vida.

Para cada cena que passava, percebi pegadas na areia;
Uma era minha e a outra do Senhor.

Quando a última cena de minha vida passou diante de nós,
olhei para as pegadas na areia,

Notei que muitas vezes no caminho da minha vida
havia apenas um par de pegadas na areia.

Notei também que isso aconteceu nos momentos mais difíceis
da minha vida.

Isso aborreceu-me deveras e perguntei então ao Senhor:

- Senhor, Tu me disseste que,
uma vez que eu resolvi Te seguir,
Tu andarias sempre comigo, todo o caminho,
- Mas notei que nos momentos das maiores atribulações do meu viver havia na areia dos caminhos da vida, apenas um par de pegadas.
- Não compreendo...
Porque nas horas em que eu mais necessitava Tu me deixastes?

O Senhor respondeu :
- Meu precioso filho, Eu te amo e jamais te deixaria nas horas da tua prova e do teu sofrimento.
Quando vistes na areia apenas um par de pegadas,
foi exatamente aí que
EU TE CARREGUEI EM MEUS BRAÇOS! 



Apresentando os 10 Mandamentos para as crianças!

Recorte mais ou menos umas 20 tiras de papel ofício e escreva em 10 deles os Mandamentos da Lei de Deus. Nos outros 10 você poderá escrever algumas atividades, como:

1° Os Mandamentos não estão por aqui. Continue tentando.
2° Você está quase perto.
3° Está morno. Por isso você vai ganhar uma balinha.
4° Leia na Bíblia o capítulo 20 do livro de Êxodo e diga o nome do monte onde Moisés recebeu os Mandamentos. Se acertar todos vocês ganharão um marcador de Bíblia.

(Não esqueça de partilhar as balinhas ou qualquer outro mimo com todos)

E assim por diante, até completar mais ou menos as 10 tiras restantes.

Resultado: Até aqui você tem 20 tiras de papel ofício. 10 delas estão marcadas com os 10 Mandamentos da Lei de Deus e as outras 10, com algumas situações para dar continuidade ao jogo.
Agora você coloque essas tirinhas dentro de bolas de gás e depois enche-as, amarre-as e arrume, onde ficar melhor, no seu ambiente de encontro. Providencie um painel bem bonito, pode ser feito com cartolina, papel 40 K, papel pardo ou outro de sua preferência, para montar um painel bem enfeitado, onde o tema deverá ser: Os Dez Mandamentos da Lei de Deus. E abaixo, numerado com dez linhas. Assim:

Amplie para ver melhor.
Explicado a dinâmica:
A turma deverá estar sentada em círculo. O painel deverá ficar ao lado das bolas cheias, com os papéis dentro... Você vai pedir um catequisando para levantar e estourar a bola. Ele vai ler o que está escrito. Se for algum Mandamento, dê parabéns para ele e depois presenteie com algum mimo de sua preferência, que pode ser até uma balinha, ou docinho. Você vai no painel, com uma letra bem legível, e escreva o mandamento na numeração correta... Chame o próximo catequisando e assim sucessivamente, até que se complete o mural dos Mandamentos... A ideia é que este mural fique sempre exposto, em todos os encontros, em lugar bem visível, para que todos possam ter acesso. É uma forma deles aprenderem e fixarem os Dez mandamentos de forma bem lúdica. Mas lembre-se:
Não esqueça de explicar a eles que gravar os Mandamentos em ordem é importante, mas o essencial é tê-los no coração, sempre respeitando os mandamentos de Deus para a nossa vida!
Depois dê continuação ao seu encontro de forma mais reflexiva e faço-os pesquisar na Bíblia, trabalhar em duplas, fazer recortes e colagens... Use a sua imaginação! mas nunca deixe de falar sério com cada um deles.
Aliás, na catequese, podemos brincar, fazer dinâmicas... Mas é importante momentos de ouvir e partilhar com a tia catequista. E silêncio na hora da oração!

Espero que tenham gostado. Qualquer dúvida, deixe seu recado!
Um beijo especial a todos que passam sempre pelo blog.
Paz e Bem!

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Campanha da Fraternidade 2011 com a Pré Catequese!


Eu penso que com crianças bem pequenas, você poderá trabalhar com bastante criatividade esta Campanha Fraternidade. Colagens, pintura, desenhos, artesanatos... Trabalhinho ao ar livre, maquetes com rios limpos e poluídos, experiência real com gelos e ursinhos polar, mostrando a gravidade que está acontecendo com eles, devido ao efeito estufa.
(Você pode levar um baldinho com gelo e desenhos de ursos polares para cada um catequizando, pedindo que eles coloquem seus ursinhos dentro do baldinho. Explicando que lá é o habitat deles e conforme você vai explicando essa realidade, o gelinho vai derretendo, mostrando que eles correm o risco de serem extintos, devido aos atos errôneo dos homens)...

Você também poderá unir umas três folhas de papel pardo, colando-as para montar um painel enorme, com colagens e pinturas sobre a criação de Deus...

Você poderá também pedir que eles levem garrafa pet para fazer a montagem de um brinquedo, mostrando o valor da reciclagem!
Esse link é bem interessante: Mostra como fazer brinquedos com material reciclável.

http://www.projetomegapet.com.br/brinquedos.htm

Espero que vocês gostem!
Beijinhos...
Paz e Bem!

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

O lenhador e a raposa! Uma história emocionante.


O lenhador e a raposa
Um lenhador acordava às 6 da manhã e trabalhava o dia inteiro cortando lenha, só parando tarde da noite. Ele tinha um filho lindo de poucos meses e uma raposa, sua amiga, tratada como bicho de estimação e de sua total confiança. Todos os dias o lenhador ia trabalhar e deixava a raposa cuidando do bebê. Ao anoitecer, a raposa ficava feliz com a sua chegada.
Os vizinhos do lenhador alertavam que a raposa era um bicho, um animal selvagem, e portanto não era um animal confiável, e quando sentisse fome comeria a criança. O lenhador dizia que isso era uma grande bobagem, pois a raposa era sua amiga e jamais faria isso. Os vizinhos insistiam: “Lenhador, abra os olhos! A raposa vai comer seu filho. Quando ela sentir fome vai comer seu filho!”Um dia o lenhador, exausto do trabalho e cansado desses comentários, chegou em casa e viu a raposa sorrindo como sempre, com sua boca totalmente ensanguentada. O lenhador suou frio e, sem pensar duas vezes, acertou um machado na cabeça da raposa. Desesperado, entrou correndo no quarto. Encontrou seu filho no berço, dormindo tranqüilamente, e ao lado do berço uma cobra morta.

Moral da história: Nunca faça nada antes de conhecer a real verdade. Não devemos fazer conclusões precipitadas pois podemos nos arrepender amargamente.

Vídeo para trabalhar o tema: O Bom Samaritano!


Olhem que bonitinho:


Crianças gostam muito de desenhos! Se você tem a possibilidade de trabalhar com projetores e computador, vale muito à pena catequizar dessa maneira. Espero que gostem!
Paz e Bem!

domingo, 13 de fevereiro de 2011

Campanha da Fraternidade parte III

A Criação geme em dores de parto

Abrindo o nosso coração:
O que significa abrir o coração?
Saudação inicial_ Oração da Cf 2011 ( Entregar a oração a cada um)

Cada catequizando vai observar as palavras ou as expressões que estão sublinhadas na Oração da Campanha da Fraternidade:

Senhor Deus nosso Pai e Criador;
A beleza do universo revela a vossa grandeza;
A sabedoria e o amor com que fizestes todas as coisas
e o eterno amor que tendes por nós.
Pecadores que somos, não respeitamos a vossa obra,
e o que era para ser garantia da vida, está se tornando ameaça.
A beleza está sendo mudada em devastação,
e a morte mostra a sua presença no nosso planeta.
Que nesta quaresma nos convertamos,
e vejamos que a criação geme em dores de parto.
Para que possa renascer segundo o vosso plano de amor;
Por meio da nossa mudança de mentalidades e de atitudes.
E assim, como Maria, que meditava a vossa Palavra e a fazia vida,
também nós, movidos pelos princípios do Evangelho, 
possamos celebrar na Páscoa do vosso Filho, nosso Senhor;
O ressurgimento do vosso projeto para todo o mundo.
Amém.

Dinâmica para abrir o coração: O que mais me tocou?
Material a ser usado:
Cruz grande, vela grande, as palavras sublinhadas da Oração da CF, canetinhas, pedaços de papel para registro.

1. Colocar no centro da sala do encontro a cruz, deitada no chão.

2. Aos pés da cruz, a vela que pode ter algum enfeite, como símobolo do Russuscitado.

3. As palavras ou expressões escritas retiradas da Cf. Elas devem ser feitas pelos catequizandos. Dar um pedaço de papel para cada um e orientar o registro das mesmas.

4. Espalhar os papéis ao redor da cruz. Solicitar aos catequizandos que caminhem em volta do cenário montado e observem a palavra ou expressão que mais lhes chamou a atenção.

5. Voltar aos lugares e formar grupos de três para refletir sobre as palavras ou expressões observadas; dar um tempo para discussão.

6. Solicitar que comentem o que refletiram com todos no grupo.

Que lição podemos retirar dessa dinâmica? Em torno da cruz, à Luz do Ressuscitado, a criação com suas dores e alegrias adquire um novo significado.
Chamar os catequizandos pelos nomes ou símbolos que estão no mural realizado no encontro anterior para os lugares de modo a dar continuidade ao estudo de hoje.

2. Olhando a Realidade;

Catequista:
Solicitar a entrada do cartaz da CF 2011. Perceber as situações que necessitam de socorro urgente.
A Ecologia deixou de ser um assunto restrito dos cientistas, mas dos governantes, das empresas, da mídia, dos países, de todos nós. O Brasil também entrou nos estudos e discussão: Como fazer para salvar o homem do aquecimento global e melhorar a qualidade de vida na Terra? Mas o que é o aquecimento global? Vejamos como funciona. Observe a imagem abaixo:

Os ursos polares estão ficando sem casa com o derretimento das geleiras.





 Essa história de aquecimento global/ mudanças climáticas funciona mais ou menos assim: Sempre que:
- um adulto usa o seu carro para ir trabalhar ao invés de transporte público;
- um governo decide construir uma usina termoelétrica, movida a carvão, em de optar pela energia limpa dos ventos, do sol ou dos rios;
- pessoas cortam árvores na Amazônia ou em qualquer outro bioma, sem nenhum controle;
- deixamos a luz acesa ao sairmos do quarto;
- não desligamos o chuveiro enquanto nos ensaboamos no banho;
- não separamos nosso lixo para a reciclagem e ele vai parar em um aterro sanitário ou nos lixões, ou compramos produtos sem necessidade. Uma grande quantidade de gás carbônico( CO²), metano e outros gases são lançados na atmosfera...

Fazendo algo para transformar:

Verificar se as panelas estão tampadas na hora de cozinhar;
Evitar passar uma peça de roupa de cada vez;
Comprar alimentos frescos em vez de congelados;
Contar para os outros o que está fazendo nos estudos da CF 2011.

O que ficou do encontro para a nossa vida?
Analisar com as crianças algo sobre o desenho abaixo;





Colocar todas as construções realizadas no encontro no meio da sala. Todos abraçados, vão rezar a Oração da CF 2011 e a seguir, a Oração do Pai Nosso.

Vamos juntos salvar o Planeta!



sábado, 12 de fevereiro de 2011

Para mim, ser catequista é:

Ser catequista é algo inexplicável. É sair de minha casa, domingo, às 7 da manhã, carregando minha bolsa ecológica vermelha, feita com carinho pelas crianças da APAE, levando meu computador, para exibir vídeos evangelizadores, que os façam ter um encontro verdadeiro com Deus, minha Bíblia, a força da Palavra e todo material preparado com carinho. Pegar dois ônibus, chegar cheia de alegria e sorriso no rosto. Dando bom dia, acolhendo com um apertado abraço e beijinhos carinhosos a todos que passarem por mim. É ficar a semana inteira programando com carinho o encontro de domingo. É falar de Deus com tanto amor, com tanto respeito e me fazer exemplo, ser testemunho fiel. É chorar e sorrir com meus catequisandos. É doar-me sem pretensões. É silenciar o meu coração, para ouvir aquilo que Deus quer para minha vida. É dizer sim sempre. Mesmo mediante as minhas limitações. É fechar os olhos no momento da oração e deixar o Espírito Santo tocar, levar, resplandecer. É não ter medo de me entregar. É me sentir uma filha muita amada por esse Deus Tão Grande. Que nunca me abandona. Sempre Tão amigo, Tão fiel e Protetor. É assistir as missas dominicais com muito carinho, sem contar as horas. Deixar fluir... É ensinar que esse momento é único e inesquecível. É olhar nos olhos de cada criança, de cada adolescente, cada jovem, cada adulto e dizer: Amo-te! É rezar com carinho e amor e esperar o tempo certo do Senhor. É catequizar em casa minha avó de 86 anos e leva-la a receber a Eucaristia pela primeira vez. Num momento único e marcante. É ser simples e humilde a todo tempo, como São Francisco de Assis. É ser meiga e protetora como Maria, nossa primeira catequista. É sentir amor por aquilo que faz e ser santa, tendo a certeza que sou especial, escolhida por Deus. E refletir a cada dia sobre a frase de S. Paulo que diz: Não sou eu que vivo. Cristo é quem vive em mim. É aceitar as críticas e tentar crescer sobre elas. É perdoar cada irmão e rezar por eles e por nós mesmos. É crer na Palavra do Senhor e seguir seus passos, confiantes que um dia nos encontraremos. É ser grata a Deus por ter um esposo que entende minha vocação e ser feliz, muito feliz, por um dia Deus ter me olhado, como jamais alguém poderia me olhar. E olhou-me de forma tão profunda que jamais pude esquecer aquele dia, que ficou marcado para sempre no meu humilde coração e nas minhas mais profundas raízes... 
Obrigado Jesus... Essa é minha vida! Essa é minha opção!

Criatividade na Catequese!

Achei interessante este texto que encontrei num blog de catequese, cujo o nome é mesmo do tema desta postagem! Criatividade na Catequese!

Encontro sobre Campanha da Fraternidade! Parte II

Como neste ano a CF 2011 falará muito sobre a nossa mãe natureza, eu sugiro: Compre 4 folhas de papel pardo e cole-as de duas em duas. Separe a sua turma em dois grupos: Um deverá trabalhar com o tema: A Criação de Deus e o outro a Destruição do Homem. As crianças poderão fazer colagens, desenhos, pinturas, de forma que o tema seja ainda discutido entre eles no final do encontro, deixando bem claro, que ainda há tempo de ajudarmos a salvar a Nossa Mãe Terra!


Você poderá também levar os recortes prontos: Lua, estrela, sol, homem, mulher, frutos, árvores, céu, animais, etc.... É uma atividade muito legal para trabalhar com as crianças. Tenho certeza que eles gostarão muito. Ainda mais se verem depois, seus trabalhos expostos lá na igreja. 
Como uma forma de terminar bem seu encontro sobre este tema, eu pensei em trabalhar junto com a comunidade, fazendo um trabalho de visitas às casas, ajudando as crianças a informarem a população sobre os males que nós estamos causando a Terra. Talvez você possa registrar essas visitas com fotografias e depois também deixá-las expostas num mural, lá na Igreja. 
Se você tem alguma sugestão a trabalhar com este tema envia um email nos contando a sua experiência!
Beijinhos!
Paz e Bem
Espero que gostem!