sábado, 22 de outubro de 2011

Ideia para fechar na Santa Missa o Mês Missionário!


7 pessoas ...
5 pessoas vestidas com túnicas de cores de acordo com cada continente:

vermelho: Continente Americano   
verde: Continente Africano   
azul: Continente Oceania   
branco: Continente Europeu
amarelo: Continente Asiático

Cada um levando uma vela grossa apagada. 
Uma pessoa para segurar o globo e outra para acender as velas.

Quem for segurar o Globo, fica direto no altar depois do momento de Ação de Graças. 
Mensagem lida pelo comentarista:

Missão é partir, caminhar, deixar tudo, sair de si, quebrar a crosta do egoísmo que nos fecha no nosso Eu.
É parar de dar voltas ao redor de nós mesmos como se fôssemos o centro do mundo e da vida.
Missão é partir, mas não devorar quilômetros. É, sobretudo, abrir-se aos outros como irmãos, descobri-los e encontrá-los.
E, se para encontrá-los e amá-los é preciso atravessar os mares e voar lá nos céus, então Missão é partir até os confins do mundo,  acendendo as chamas no coração de todos os povos e pregando o Evangelho a todos os irmãos.

Uma a uma vai entrando e formando um círculo ao lado do globo, lá no altar.

Entra a cor vermelha: CONTINENTE AMERICANO
Comentarista: Rezemos pelas Américas. É a terra-mãe dos índios, terra vermelha de sangue de muitos genocídios e de muita opressão. Peçamos a Maria luzes para que sejam encontradas formas mais apropriadas para anunciar o Evangelho às diferentes raças deste continente e para que haja mais justiça social.

Entra a cor verde: Continente Africano: Rezemos pela África, terra das verdes florestas. É a terra mãe dos negros, inclusive dos antepassados da metade dos brasileiros. O povo da África está sofrendo terrivelmente pela miséria, fome, doenças e guerras entre as tribos.

Entra a cor azul:  Continente da Oceania: Rezemos pela Oceania, o continente formado por milhares de ilhas. Rezemos para que no mundo haja respeito, fraternidade e diálogo entre os cristãos e não-cristãos.

Entra a cor Branca: Continente Europeu: Rezemos pela Europa. Deste continente vieram muitos dos nossos antepassados. Rezemos pelo Papa e para que os católicos desse continente assumam novamente suas responsabilidades na evangelização do mundo.

Entra a cor amarela: Continente Asiático: Rezemos pela Ásia, berço de grandes culturas e religiões. Neste continente encontra-se mais da metade da população do planeta, com um número pequeno de católicos. O nosso pensamento e a nossa oração vão também a todas as pessoas que consagraram sua vida para o anúncio da Boa Nova nos cinco continentes.

Inicia o canto a sua escolha, que fala sobre missão: 

Entra a pessoa segurando a vela acesa, dançando até o altar para acender as velas de cada continente. Logo: Todos dançam em círculo até o fim do canto. 
Quando no final todas as cores se ajoelham, levantando as suas velas, deixando de pé apenas a pessoa segurando o globo.
Fim!

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Vamos fazer um encontro abençoado com as Famílias????


Uma ideia bem divertida e dinâmica para trabalhar com as famílias num encontro especial.
Objetivos:
Motivar o grupo para análise e reflexão de conflitos relacionados à vida familiar.
Incentivar a interação entre os catequizandos para a solução pacífica de conflitos.
Valorizar as virtudes.
Lembrar o texto bíblico de Lucas2, 41-52
Este texto poderá também ser encenado pelas crianças.

Materiais:
Papel color set
Folhas de sulfite
Pincel atômico
Tesoura
Cola
Barbante

Como brincar: Divida os catequizandos em dois grupos: A e B. Cada membro do grupo A escolhe uma virtude (amizade, amor, compreensão, respeito) para representar. Em um retalho de papel color set, desenha um coração grande e escreva o nome da virtude nele, que deve ser pendurado no pescoço com a utilização de um barbante. O grupo B forma a família problema. Cada um recebe uma folha de sulfite, que também deverá ser pendurada no pescoço com o auxílio de um barbante, escolhe um problema familiar para representar e escreve-o na folha. Um participante do grupo B inicia o jogo relatando um problema familiar, por exemplo: "Falta diálogo em minha família, quem poderá me ajudar?" A família das virtudes entra em ação: os integrantes se reúnem, refletem sobre o problema e elegem a melhor delas para solucionar a falta de diálogo. A virtude eleita se apresenta, expõe os motivos pelos quais ocorre a falta de diálogo e abraça o catequizando que apresentou o problema. A atividade finaliza com um grande abraço entre todos os catequizandos; pode-se cantar o refrão da música do Pe. Zezinho: Oração pela Família...

Obs: Esta dinâmica pode ser realizada em integração com os pais, que também poderão estar divididos entre os grupos de PROBLEMAS E VIRTUDES.
Espero que tenham gostado. Fizemos em nossa paróquia com todas as turmas reunidas e suas famílias. Foi um belo encontro.

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Ciranda do Amor

Objetivos:
Favorecer a integração dos Catequizandos
Possibilitar a criação de um clima de alegria e abertura, fundamentais para os encontros da catequese.
Lembrar a passagem bíblica Mt 22, 34-40: O grande Mandamento.

Materiais:
Aparelho de som com CD
CD com músicas de animação
Papel color set vermelho
Figura ou uma imagem de Jesus

Como brincar:

Prepare com antecedência um porta-retratos em forma de coração com a imagem de Jesus. Divida os participantes em dois grupos de mesma quantidade. Dois círculos são formados de modo que um fique dentro e o outro fora. Os participantes permanecem um de frente para o outro. Coloque, no centro dos círculos um pequeno banco e, sobre ele, o porta-retratos. Ponha uma música animada e peça que o grupo gire um para a esquerda e outro para a direita. Ao interromper o som, os participantes devem ficar um de frente ao outro. Ambos se apresentam dizendo o nome, a idade, o nome da escola onde estuda, o esporte que pratica, a comida que mais gosta, etc. Prossiga a atividade até que todos se conheçam. Em seguida, forma-se um único círculo de forma que todos estejam voltados para o porta retratos. Coloque novamente a música e solicite a todos que girem para a direita e depois para a esquerda. Desligue o som e questione quem falta se pronunciar. Prossiga dizendo que um amigo de todos quer se apresentar ao grupo. Nesse momento, apresente o grande amigo ao grupo- Jesus - e conte fatos importantes de sua vida.

Caríssimos, amemo-nos uns aos outros, porque o amor vem de Deus e todo aquele que ama nasceu de Deus e conhece Deus. (1Jo4,7)

Viva Nossa Mãe Aparecida!!!


Que Nossa Mãezinha Aparecida abençoe a todos os amigos deste blog abençoado!
Paz e Bem!

Adoleta dos Doze Apóstolos

Objetivo:
Memorizar o nome dos doze apóstolos de Jesus.

Materiais:
Etiquetas adesivas
Caneta hidrográfica

Como brincar:
Forme um grande círculo com os catequizandos de mãos dadas. Na sequencia, cada um põe a mão esquerda embaixo da mão direita do outro e bate com a outra na mão direita do colega dizendo o nome de um dos apóstolos de acordo com a sequencia a seguir. Para facilitar, pode-se fixar as etiquetas adesivas com os nomes dos apóstolos na palma da mão direita de cada um ou mesmo escrever com caneta hidrográfica.

1. Pedro
2. André
3. Filipe
4. Tomé
5. Mateus
6. João
7. Judas
8. Simão
9. Tadeu
10. Tiago (Filho de Zebedeu)
11. Tiago (Filho de Alfeu)
12. Barto/ lo/ meu

Quando o nome do apóstolo Bartolomeu estiver próximo, o catequizando deve ficar atento, pois aquele que receber o toque na sílaba meu, retira rapidamente a mão de cima da do colega. Caso o colega consiga acertar, o que for atingido deverá contar uma passagem bíblica de Jesus com os apóstolos. Se ele for bem-sucedido, o grupo dará uma salva de palmas, porém comunitária, ou seja, com os braços abertos, bata as palmas de suas mãos nas dos colegas de cada lado.

E lembre-se que Jesus chama a cada um pelo nome. (Jo10,3)

terça-feira, 4 de outubro de 2011