sexta-feira, 23 de março de 2012

Segundo Encontro: Promoção da Saúde

O livrinho da Campanha da Fraternidade, como já dito no Blog, encontra-se disponível para vendas em livrarias católica de sua cidade. Lembrando que esta é uma edição da CNBB e com todos os direitos reservados:
Endereço para compras e contato:
SE/ Sul quadra 801, Conjunto "B"
Cep: 70200-014
Fone: (61) 2193-3019 / Fax: (61) 2193-3001
vendas@edicoescnbb.com.br
www.edicoescnbb.com.br

Encontro Catequético para Crianças e adolescentes:
Segundo Encontro:
Promoção da Saúde
"Cuido de mim e cuido do outro!"
Ao Catequista:

1. Considerações para desenvolver o encontro
"Se é dever do Estado promover a saúde por meios de ações preventivas e, oferecer um sistema de tratamento eficaz e digno a toda população, especialmente aos mais desprovidos de recursos é, também, responsabilidade de cada família e cidadão assumir um estilo de viver que, por meio de hábitos saudáveis e de exames preventivos, contribua para evitar as doenças. Se cabe ao Estado providenciar toda a assistência médica aos enfermos, cabe à família o acompanhamento dedicado e carinhoso aos seus que adoecem. A família, o Estado e a Igreja têm funções distintas, mas complementares no processo de tratamento de seus membros adoecidos" (TB 22).
(...) " para que ação evangelizadora da Igreja e dos cristãos, possa se revestir de contundência e profetismo na área da saúde, além da caridade na atenção aos enfermos, é necessário empenho por mudanças nas estruturas que geram enfermidades e mortes. Tais estruturas tornam-se visíveis nas situações de exclusão, na falta de condições adequadas e dignas de vida e no descaso, em certas circunstâncias, no atendimento oferecido aos usuários do sistema de saúde. Tudo isso é exposto não só pelos meios de comunicação, mas também pelos rostos sofridos e pelas mortes causadas pelo indgno atendimento" (TB23).

2. Justificativa na escolha do tema
" Pelo compromisso da Igreja com a sociedade na promoção da saúde pessoal e pública, contribuindo com o cumprimento das Metas do Milênio assumidas pelo governo brasileiro perante a comunidade internacional, evidenciam-se as ações pastorais de nossa Igreja em mais uma campanha em prol das mudanças da realidade social do nosso povo." (TB 26 a 28). É objetivo, deste encontro, fortalecer as ações individuais e coletivas para a promoção da saúde coletiva.

Dinâmica do Encontro
3. Acolhida
Dinâmica de apresentação das qualidades

a. Utilizar o crachá distribuído no 1° encontro e pedir para escrever, abaixo do nome, a qualidade/característica que cada um escolheu em casa, junto com a família.
Ex.;
Helena/Honesta ... Angêla/Afetuosa, etc ...

b. O catequista inicia a apresentação passando um objeto (um lápis, caneta ou outro objeto) para a pessoa sentada a sua direita dizendo:

Eu Helena honesta VEJO a Angêla e CREIO que ela é afetuosa.
Por sua vez a pessoa que recebeu continua:
Eu Angêla afetuosa VEJO a ... e CREIO que ...
Segue-se a apresentação até o final.

O objetivo dessa dinâmica, além do conhecimento de cada participante, é evidenciar as palavras VER e CRER, citados no TB, 177, ao analisar a missão de Jesus como luz do mundo (cf. Jo 9, 35-38)
Após a dinâmica, o catequista valoriza o grupo, realçando: quantos valores temos aqui, dons que Deus nos deu para serem colocados na construção de seu Reino e na construção em que nos estamos empenhados pela Campanha da Fraternidade. Qual é mesmo o nosso lema?
Todos de mãos juntas: "Que a saúde se difunda sobre a Terra!"

4. Um olhar sobre a realidade
Atividade:
Formar grupos de 3 ou 4 pessoas
Distribuir a atividade "Saúde e a soma de ..."

Saúde é soma de ...

 a) A qualidade de vida é resultado da saúde individual e da saúde coletiva. Saúde é um estado de equilíbrio do bem-estar físico, mental, social, e espiritual - resultado de boas condições de alimentação, habitação, educação, trabalho, lazer, serviçoes de saúde. Circule na figura, os fatores que mais prejudicam sua saúde.

b) Discuta com o grupo as questões a seguir e registre as suas conclusões.

1) Por que foi utilizado um vidro de remédio (balão utilizado em laboratório) na elaboração do texto?

2) Dos fatores escritos dentro do vidro, quais os que mais interferem negativamente na qualidade de vida da população brasileira? Por quê?

3) Segundo o texto, a raiva, o estresse, "engolir sapos" também são prejudiciais à saúde. Você concorda? Por quê?

4) Como cidadão, apresente uma sugestão para promover a saúde em sua comunidade.

5) Apresentação das conclusões dos grupos.

5. ILUMINANDO
- Leitura bíblica: Mt 25, 35-40
Releia o texto bíblico e reflita: como Jesus falaria hoje diante de nossas condições de saúde? De nossa realidade? 
Ex.;
  • Era descuidado com as vacinas e vocês me alertaram ...
  • Estava acomodado e vocês me animaram a lutar pelos meus direitos ...
  • Estava sem assistência médica e vocês me orientaram a exigir melhores condições nos postos de saúde ... (Estimular outras colocações) 
6. Buscando transformação
Sugerir que cada grupo elabore um "texto publicitário", chamando a atenção para a melhoria da saúde de sua comunidade e divulgando a ação sugerida na questão " d" da atividade - "Saúde é a soma de ... ".
Distribuir material para a confecção de cartazes: cartolina, papel colorido, canetinhas, lápis de cor, tesoura, cola, revistas para recortar, etc.

Como motivação, expor alguns cartazes como exemplo.
Promover a exposição dos cartazes elaborados pelo grupo num ambiente onde circulem várias pessoas.

7. Momento de oração
Oração dos "bons propósitos"

Ambientação
Uma mesa com uma toalha, uma jarra (se for semelhante ao balão de remédio mostrado na atividade, melhor ainda), uma vela acesa.
Distribuir aos catequizandos, sachês de açúcar (ou providenciar um açucareiro com uma colher). Dispor de um recipiente com água, outro com gelo, suco em pó ou um copo de concentrado.
Em clima de celebração e oração, lembrar aos catequizandos que podemos fazer um mundo melhor, "remediar", com bons propósitos, as situações de sofrimento, dor, doença, mal-estar. Para isso peçamos a Jesus que nos ajude a modificar nosso comportamento e nossas ações em prol da nossa saúde.
À medida que cada um for fazendo seu "propósito", pedir que coloque seu "ingrediente" na jarra que está sobre a mesa. Os propósitos devem ser manifestados em voz alta, como orações. Por exemplo:
  • Jesus, dai-me forças para controlar a vontade de comer doces, chocolates, refrigerantes em excesso.
  • Jesus, ajudai-me a dominar a preguiça e fazer mais exercícios físicos.
  • Jesus, fortalecei-me para não cair na tentação de colocar em risco minha saúde, colocando-me em situações de risco: drogas, álcool, brincar com fogo, objetos cortantes, etc
Citar mais situações de rico como: expor-se ao frio sem agasalho; não escovar os dentes; ver tv em excesso; usar em demasia a internet, o telefone celular, jogar demais videogame; ter falta de sono, etc.
Depois que todos colocarem na jarra as suas "orações", acrescentar a água, mexer o suco e distribuir um copo a cada um.

OBS:  Nas comunidades onde seja necessário conscientizar sobre o uso do soro caseiro, que ajuda a previnir a desidratação, o suco pode ser substituído por este soro.

Em breve o terceiro encontro!


OBS: Adquira o seu livrinho nas livrarias católicas da sua cidade. Ou através dos endereços citados acima!
Paz e Bem!
 
 

2 comentários:

  1. Oi querida, como estás?
    Tenho ficado um pouco ausente. Entro sempre no face pra conversar com alguns, Sandra tem cuidado do blog mais que eu... mas sempre lembro de ti, da nossa evangelização virtual que ajuda tantos!!!
    Espero que estejas bem viu?
    Um beijão,
    Clécia

    ResponderExcluir
  2. Oi!!! vim desejar um ótimo fim de semana. Paz e luzzzzzz

    ResponderExcluir

O seu comentário me deixa muito feliz.
Então não se esqueça: Comente sempre que vier me visitar.
Que o Amor de Jesus e a Paz de Maria esteja sempre com você!
Muita Paz e todo Bem!